sábado, março 18, 2017

Qual era a importância do cinema para os nazistas?

Depois dos comícios, os filmes eram a principal forma de divulgação dos ideiais nazistas. Durante os 12 anos do regime, foram produzidos 1350 longa-metragens. Muitos eram comédias românticas, operetas e  filmes de costumes, mas todos tinham algum tipo de conteúdo ideológico, fosse num diálogio ou numa imagem sugestiva. Desses, 96 foram produzidos diretamente pelo Ministério da Propaganda, criado em 1933 e chefiado por Goebells.
Um dos primeiros exemplares dessas películas é O SA Brand (de 1933), que conta a história de um menino pobre, membro da juventude hitlerista e protegido de um SA. Vítima das batalhas entre nazistas e comunistas, ele balbucia, antes de morrer: “Agora vou para o meu fuhrer”.
Um dos maiores sucessos do cinema nazista foi O jovem hitlerista Quex. Quex é um rapaz alemão pobre. Ele é levado a um piquinique comunista, mas se assusta com a libertinagem do ambiente. Enojado, ele ouve o som de uma marcha militar e, extasiado, resolve descobrir de onde vem a música e descobre um grupo nazista. Em casa, ele repete para a mãe a música, mas é surpreendido pelo pai, um alcoolatra mal-carater, que surra o menino para obrigá-lo a cantar a Internacional Comunista. Quem o protege da brutalidade do pai e dos comunistas são seus amigos nazistas. O rapaz acaba perdendo a mãe, mas o pai se regenera, deixa de beber e torna-se nazista. Finalmente, Quex é assassinado por comunistas quando panfletava em um bairro pobre. Antes de morrer, ele imagina uma multidão de rapazes uniformizados como membros da juventude hitlerista.
Ele agoniza cantando o hino da juventude nazista, num êxtase político.

Nos filmes nazistas da época, os alemães eram generosos e lutam contra os brutos russos e os covardes ingleses. Aliás, um dos filmes, sobre a Irlanda, diz que os ingleses colocam o povo local em campos de concentração. Tudo aquilo que existia na Alemanha da época (tortura, genocídios, perseguições políticas, campos de concentração) é mostrado como sendo algo que está sendo feito pelo inimigo. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.